Assim como outros grandes estúdios do mundo, como a Disney, a Marvel e vários outros, a Turma da Mônica também vem se mostrando empenhada em mostrar valores como amor, diversidade e respeito em suas histórias.

Além do lançamento da primeira personagem lésbica da turma da Tina no ano passado, desta vez foi o caipira mais amado do Brasil, Chico Bento, que deu um close certíssimo em uma nova história da turma, ao conversar com o leitor sobre o conceito de família.

Criada pelo roteirista Edson Itaborahy, que trabalha para os estúdios de Maurício de Sousa, a imagem da HQ que vem na revistinha do Chico Bento número 57, foi postada na Internet por uma internauta e compartilhada em seguida pelo próprio Mauro Sousa, filho do criador da turma da Mônica, Maurício de Sousa, que também trabalha na empresa sendo responsável pela área de shows ao vivo dos personagens mais amados do Brasil.

“Parem tudo o que estão fazendo e vamos apenas aplaudir essa historinha do roteirista Edson Itaborahy e direção de conteúdo da Marina Cameron”, escreveu Mauro em seu post.

Na historinha, Chico Bento mostra que existem famílias de vários formatos: como a sua (de mãe, pai e filho), famílias compostas por uma mãe e um filho, família de pai e filho e famílias sem filho, já que em suas próprias palavras: “famía num carece di sê tudo inguar”.

A fala é dita justamente quando passam por trás dele duas famílias: uma formada por um homem, uma mulher e uma criança e outra formada por dois homens e uma criança.

Mais Notícias

STF decidirá em maio se gays podem doar sangue em pandemia

STF decidirá em maio se gays podem doar sangue em pandemia

O Supremo Tribunal Federal ( STF ) deve analisar em maio uma ação que pode permitir que homens que tiveram relações com outros homens doem sangue sem restrições. A reportagem é do portal UOL. Atualmente, o Ministério da Saúde exige um ano sem relações sexuais para que...

Confira nossas Colunas

Negro? Candomblecista? Na escola NÃO.

Nessa última semana, em diversos países pelo mundo, as pessoas se mobilizaram em protestos diante dos crimes de racismo e discriminação cometidos contra os negros, em especial no caso de George Floyd. Ele, afro-americano, morreu em 25 de maio de 2020, vítima do Estado...

LGBTs da História: Mario de Andrade

Mário Raul Morais de Andrade, autor do romance “Macunaíma”: o poeta e prosador foi o intelectual que sedimentou as ideias revolucionárias da Semana de Arte Moderna de 1922 e contribuiu para mudar a linguagem da literatura brasileira. Poeta, escritor, crítico...

Dedo no cu e gritaria

Sempre antes de criar um conteúdo para coluna, busco referências na literatura e no mundo da internet, e assim quando fui pesquisar sobre a próstata vi muito sobre a glândula masculina, e a possibilidade da próstata feminina, que apesar de anatomicamente diferente, há...

ENEM, um termômetro da indiferença

Nas últimas semanas, desde que nos vimos em condição de isolamento social, vários dos nossos planos foram, estão sendo ou serão adiados. Com relação aos estudos, muitos alunos das redes pública e privada tiveram suas aulas suspensas. Em um primeiro momento a suspensão...

Para sugestões de pautas a redação, envie um e-mail para [email protected]